sábado, 29 de abril de 2017

Links de Sabado #51

Kochikame



Curta no Facebook




Momentos Violentos Dos Animes

Deadman Wonderland: O Massacre na Escola

Na cena deste anime violento que eu assisti, temos Ganta Igarashi que esta em sala de aula quando surge um ser de vermelho e branco matando todos menos Ganta, Ganta fica chocado e vai preso depois da policia ver um monte de corpos decapitado e assim ele entra no Deadman Wonderland, uma prisão com parque de diversões e circos onde eles usam os presos para entreter os visitantes.

Bleach: Kenpachi Zaraki vs Yachiru Unohana

Esta foi uma cena onde Retsu Unohana revela sua versão maligna, a Yachiru Unohana, versão feminina dos Kenpachis, os dois lutam uma luta bastante sangrenta.

Elfen Lied: A Cena do Cachorro

De alguma forma, a violência contra animais indefesos evoca mais empatia do que a matança de seres humanos, e em um anime que freqüentemente vê membros voando por todo o lugar, é estranho que seja uma cena de um cão sendo espancado até a morte por alguns mal diretos Crianças que deixa as cicatrizes mentais mais profundas na maioria dos espectadores. Um estudo sociológico realizado pela Universidade do Nordeste realmente descobriu que uma maioria mostrou que o sujeito do teste mostrou mais empatia com um cão machucado do que com um adulto humano, o que pode fornecer alguma base científica relevante, embora provavelmente indesejável, para essa cena em particular.

Yu Yu Hakusho: Yusuke tem seu braço quebrado
Não encontrei a imagem

Esse foi uma cena da luta entre Yusuke e Toguro, onde este quebrou o braço do protagonista

Tokyo Ghoul: A Tortura de Ken Kaneki

Tokyo Ghoul é um anime sobre ghouls (que parecem pessoas) comendo pessoas, muitas vezes em um spray de sangue. Uma das cenas mais memoráveis e chocantes foi onde Ken Kaneki foi capturado e torturado por Jason. Como Kaneki tem capacidades regenerativas, Jason pode essencialmente apenas pegar peças fora uma e outra vez, como seus toesies ou deixar uma centopéia ir à cidade em sua cabeça. Enquanto os sólidos 20 minutos de gritar é muito difícil de assistir, um monte de boa gore acontece fora da tela, que é por isso que classifica tão baixo.

Bom... espero que tenham gostado
vlw...

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Polemicas dos Animes e Desenhos

One Punch-man

O anime não é polemico por casos, mas sim por ter um protagonista que só vence com uma soco tendo tradicionalmente protagonistas que vencem com muito sacrificio, as pessoas dizem que ele é um apelão.

Star vs. as Forças do Mal

Rolou o primeiro beijo gay em um desenho da Disney, Foi em Star vs. as Forças do Mal no episodio apenas amigos, a cena foi ao ar no dia 23 de fevereiro, no canal Disney XD, e mostrava vários casais se beijando durante um show. Entre eles, dois rapazes. esse assunto acabou gerando uma treta entre o pastor Silas Malafaia e Felipe Neto

Keijo

Se você pensou que já viu de tudo nos animes, Prepare - se para ver o anime Keijo que teve polêmica por causa de seu estilo, onde mostra as aventuras de ex-alunas de judô que decidiram ingressar na Escola de Formação Setouchi Keijo para se tornarem as melhores representantes de um novo esporte, o esporte só é permitido golpear usando os peitos e a bunda.

Bombeiro Sam

Uma cena da série infantil Bombeiro Sam, em que o protagonista pisa no Alcorão, em causa, o episódio foi retirado, a cena em que o bombeiro escorrega num monte de papéis, entre os quais uma página do Alcorão, que o personagem pisa por acidente.

Genocyber

Em 1996, a extinta Rede Manchete era a casa dos animes, Naquele ano, o que realmente deu o que falar foi outro bloco de animes, a Manchete fechou um acordo com a distribuidora americana U.S Mangá Corps, e juntas criaram o bloco "U.S Mangá do Brasil", exibido todas as sextas, logo após "Cavaleiros", a partir das 18h45, o canal exibiu "Genocyber" que tem uma história extremamente confusa, mas basicamente é o despertar de um demônio por parte dos protagonistas das três histórias. E este demônio dilacera tudo que vê pela frente. E não há exagero quando falamos "dilacera".

Terra dos Balões

Em 30 de setembro de 1935 foi lançado um dos desenhos animados mais controversos e sombrios de todos os tempos, o desenho animado conta basicamente a história de um lugar chamado Terra dos Balões, cujos moradores são feitos inteiramente de balões, . O vilão no desenho animado é o “The Pincushion Man” (ou Homem-Alfineteiro em português), um personagem que vive ao redor da Terra dos Balões estourando os seus habitantes mais distraídos com alfinetes. O criador do desenho era ninguém mais, ninguém menos do que Ub Iwerks. Bom, provavelmente você não conhece Ub lwerks, então para se familiarizar um pouco ele foi um animador americano, cartunista, designer de personagens, inventor, técnico de efeitos especiais, e que co-criou “Oswald the Lucky Rabbit” e o “Mickey Mouse” junto com Walt Disney. As obras produzidas por Iwerks e Disney ganharam diversos prêmios, inclusive alguns premiações da Academia Americana de Cinema. Iwerks foi considerado por muitos como um velho amigo de Walt Disney, e passou a maior parte de sua carreira trabalhando com ele. Iwerks nasceu em Kansas City, no Missouri, EUA. Seu pai, Eert Ubbe Iwerks, emigrou para os EUA em 1869 a partir de um povoado chamado Uttum na Frísia Oriental (noroeste da Alemanha, hoje parte da cidade de Krummhörn). Vários anos mais tarde, ele simplificou seu nome para “Ub Iwerks”, escrito às vezes como “U. B. Iwerks”.

Ele foi responsável pelo estilo característico dos primeiros desenhos animados da Disney, e também foi um dos responsáveis pela criação do Mickey. Os primeiros desenhos do Mickey eram animados quase inteiramente por Iwerks, incluindo “Steamboat Willie”, que é justamente primeiro desenho do Mickey e “Skeleton Dance”.
Por alguma razão Iwerks criou “Balloon Land” que foge totalmente a curva do contexto dos desenhos criados na época. Muitos acreditam que o desenho mostra o outro lado do criador, um lado sombrio talvez, e as pessoas de fato têm alguns motivos para acreditarem nisso como veremos a seguir.
Logo no primeiros segundos nós podemos ver o título do desenho com uma imagem de fundo que compõe basicamente a Terra dos Balões. Esse lugar é onde os moradores, que possuem formatos de balões, residem.
É justamente nesta cena que começam os elementos estranhos na paisagem, e que muitos consideram que não é uma mera coincidência, mas que Iwerks expôs uma personalidade diferente ao trabalhar em um projeto solo. Como vocês podem notar há certos balões que são diferentes dos outros, aparentando uma simbologia fálica. Estranho, não é mesmo?
A posição da letra “A” e mais a direita a marcação bem definida logo abaixo da ponta de um dos balões não parece fazer referência somente a meros balões de gás (ou bexigas como você preferir). É esse ponto que dá a base para deduzirem que toda a históra do desenho, bem como o personagem do “Homem-Alfineteiro”, não eram como qualqueis outros, mas sim uma espécie de alusão a pedofilia. Vamos conhecer a história?


Elfen Lied

Incesto, sangue, abuso infantil, mais sangue, um filhote de cachorro ser multilado e sangue. Tudo isto combinado em uma excelente história leva a um dos melhores animes de todos os tempos, e um dos mais controversos. Na verdade, o show ainda não foi ao ar em muitos países porque o processo iria censurar o show ininteligível.

American Dad


O episódio remonta as diferenças entre Leste e Oeste do Muro de Berlim de maneira paradigmática. O episódio faz diversas alusões, entre as quais de quem possuía o melhor foguete, o melhor carisma e a melhor capacidade. Todas comparações feitas de maneira inocente no episódio que de uma forma ou de outra, também houve na Guerra Fria. Steve, filho de Stan (protagonista e agente da CIA), está envolvido em uma competição de construções de foguetes caseiros. Como seu pai está cheio de serviço, Sergei Kruglov, um ex-agente da KGB e rival de Stan, decide apoiar Steve na construção do foguete, afirmando que o esforço da URSS conseguia sempre produzir os melhores mísseis. Quando Steve começa a se encantar pelo comunismo, Sergei afirma que nada mais justo do que ter perdido a família inteira pelo capitalismo que permitia comprar tudo. Em determinada discussão entre Steve e Sergei, cada um alega as belezas de cada sistema, sendo que de um lado se valoriza o esforço humano e de outro, as vantagens da riqueza. As questões morais na dificuldade em se buscar o equilíbrio

Link:::::: 8 Momentos em que as Animações falaram de "coisa séria" - Literatortura

sábado, 25 de março de 2017

Links de Sabado #50

Yu Yu Hakusho



Curta no Facebook


Top 10 Será Que Ele É



Em muitos animes existem personagens bem suspeitos, alguns podem ser e outros só fingem, mas confira agora 10 personagens, o que será que eles são? Essa postagem não tem intenção de ofender ninguem e nem todos são nesta lista, alguns são assumidos e outros só suspeitamos.

10. Keigo Asano - Bleach

Ele não parece bastante, mas tem um pequeno jeito de ser, ele sempre aparece convidando Ichigo para sair e ficar com ele, mas como amigos.

9. James - Pokemon

Esse cabelo roxo e curto acompanhado de uma bela franja, seu pescoço fino e sua voizinhas fresca, ele sempre aparece com uma rosa na mão e ja se tornou mulher em um episodio de Pokemon

8. Karasu - Yu Yu Hakusho

Nosso falso saiyajin de agua oxigenada, este é Karasu, ele usa peruca pois diz que seu cabelo é brega, e para completar ele é apaixonado pelo Kurama, ele quis mata - lo pois Kurama o viu sem mascara, ele desde criança gostaria de ser uma amazona

7. Haku - Naruto

Ele era grato por Zabuza ter-lo salvado e té-lo tornado seu aprendiz. Ele amava o Zabuza e fez de tudo pra protege-lo.

6. Shun de Andromeda - Saint Seiya (Os Cavaleiros do Zodiaco)

Shun é conhecido pelo seu jeito sensivel, ele é o mais afeminado, ele usa uma armudar aparentemente feminina, quem se lembra da cena dele aquecendo Hyoga.

5. General Blue - Dragon Ball

É o mais delicado da Red Ribbon, Bulma deu em cima deste belo loiro segundo Bulma que precisava de um namorado, mas ele a ignorou, além do mais ele sentiu medo de um simples ratinho.

4. Reo - Bucky

Quem quer morar com ele? esta é a pergunta que ele sempre faz a quem ele encontra, mas teve alguem que ele criou um forte sentimento, este é Bucky.

3. Puri Puri Prisioner - One Punch-man

Agora temos um seinen e é bem mais provavel que existem gays, sim gays é sobre eles que estou falando, ele é muito forte, mas não tão forte quanto saitama, mesmo assim ele continua sendo um heroi rank S. Digamos que ele é um prisioneiro que foge da prisão pra ir atrás dos herois mais bonitos da associação e tambem costuma lutar sem roupa.

2. Yumichika Ayasegawa - Bleach

O Shinigami delicado com penas de pavão nos olhos e cabelos sedosos, muitos suspeitam que ele possa ser, mas ele esta num esquadrão só de machos, no meio do Zaraki, Ikkaku e com excessão da fofa Yachiru.

1. Mr. Bon Clay - One Piece

Olhas esta figura, cheia de maquiagem, uma franjinha, bolinhas brancas na cabeça e um grande sorriso, além de uma roupa de ballett, ele é um Okama assumido, mas é muito corajoso, enfrentando cachorros ferozes.

sexta-feira, 24 de março de 2017

Weekly Shonen Jump: TOC - 24/03/2017

Fonte::::: Analyse It
Regras & Exceções. 


Após uma analise polêmica que dividiu a opinião de muitos dos leitores de Analyse It - Alguns gostaram, outros odiaram - Voltamos a análise mais "tradicionais". Essa semana tivemos uma edição muito importante para dois mangás; Boku no Hero Academia e Boku-tachi. Além disso, comentarei um pouco sobre as regras que alguns mangás estão presos. Sem mais delongas, vamos à TOC:


TOC Weekly Shounen Jump #17 (27/03/17)
Boku no Hero Academia c131 (Capa e Página Colorida de Abertura)
Boku no Hero Academia Smash!! (Capitulo Especial)
01 - Black Clover c103
02 - One Piece c860
Robot×Laserbeam c02 (Página Colorida)
03 - Gintama c628
04 - Boku-tachi wa Benkyou ga Dekinai c08 (Primeiro Rank)
Yakusoku no Neverland c32 (Página Colorida)
Harapeko no Marie (Capítulo 05)
05 - Haikyuu!! c247
Shokugeki no Souma c208 (Página Colorida)
Dr. Stone (Capítulo 04)
06 - Kimetsu no Yaiba c55
07 - Hinomaru Zumou c138
08 - Saiki Kusuo no Sainan c237
Poro no Ryuugaku-ki (Capítulo 06)
09 - Yuragi-sou no Yuuna-san c56
U19 (Capítulo 07, Pré-Rank)
10 - Samon-kun wa Summoner c74
11 - Spring Weapon No. 1 c22
Isobe Isobee Monogatari ~Ukiyo wa Tsurai yo~ c230
Ausente: Boruto c11 (Mensal)

Hiato: World Trigger c165 e Hunter x Hunter c361
Começando pelos mangás não ranqueados, tivemos como capa e página colorida de abertura, o nosso querido Boku no Hero Academia, que nesse Sábado (amanhã) vai começar a sua segunda temporada, que inclusive vai ser exibida em um canal diferente, no NTV, ás 17h 30m. A série vai passar logo antes de Detective Conan, e tem grandes chances de se tornar uma série de audiência (por isso, não sendo mais dividida por temporadas). Estar passando em um horário tão bom deve catapultar ainda mais a popularidade da série, que pode conseguir finalmente alcançar as vendas que todos esperavam da série. Existe uma possibilidade da série começar a ter vários "fillers"? Sim, mas esse é o custo de virar uma série com lançamento continuado. 

Também tivemos algumas páginas coloridas nessa edição. A primeira é de Robot x Laserbeam, série que tem grandes chances de se tornar o mais novo mangá de esporte de sucesso da revista (está mais do que na hora de termos um novo), mas essa leva, com tantos mangás bem recebidas, será um grande desafio para o autor. Também tivemos página colorida para Shokugeki no Souma, e para Yakusoku no Neverland, esse último que vai lançar o seu terceiro volume nos próximos dias, e vamos torcer para que consiga alcançar bons resultados - mesmo que, se as vendas continuarem nesse mesmo nível, a série não correrá nenhum risco de acabar sendo cancelada, pois já tem um bom número de séries que vendem menos. 

Para encerrar a zona "mangás não ranqueados", tivemos as séries novatas que cada vez mais está claro o futuro desses mangás. U19, levando em conta suas péssimas posições (lembrando que para os japoneses, os editores já sabem a recepção do primeiro capítulo quando é lançado o quinto capítulo, por isso, atualmente já devem saber a recepção dos três primeiros) e também os comentários negativos sobre a série nos fóruns japoneses, as suas chances de sobreviver são bem baixas. Poro no Ryuugaku-ki também tem poucas chances, já que teve inicialmente uma recepção mediana e atualmente não está tendo um feedback positivo por parte dos leitores (presente nos fóruns japoneses). Se essas duas séries estão indo mal, não posso dizer o mesmo de Dr.Stone e Harapeko no Marie; esses dois mangás parecem ter agradado o público japonês e tem mais chances de sobreviverem. Logicamente, por serem autores veteranos, os seus números podem acabar sendo inflados pela fanbase, deste modo, o público "geral" pode ter uma recepção diferente. Como temos quatro potenciais sucessos, talvez os editores acabe cancelando um que está indo bem, mas acho essa possibilidade baixa.

Em primeiro lugar tivemos Black Clover que em breve deve ser lançado oficialmente o seu OVA (aquele que foi divulgado na Jump Festa), por isso tem uma grande possibilidade de vermos a série ganhando um volume especial no mês de maio - Sobre a segunda temporada de Boku no Hero Academia, podemos dizer que Black Clover recebeu um leve soco no estomago, se levarmos em consideração o "sonho" da série em se tornar o terceiro pilar. Eu não diria que está acabada, mas antes a série dependia de uma grande primeira temporada do anime (que triplicasse as suas vendas), agora a obra precisa torcer para que a segunda temporada de Boku no Hero Academia não seja um grande sucesso (lembrando que o mangá está em um novo horário, aliás, um ótimo horário). De qualquer modo, Black Clover tem ótimas chances de se tornar o terceiro pilar da revista (ninguém disse que a revista obrigatoriamente deve ter TRÊS pilares), caso consiga superar a marca de 600 mil cópias por volume após o anime, consiga atrair muitos leitores, e logicamente, tenha o apoio editorial para tal, como acontece com Boku no Hero Academia, Haikyuu!! e ONE PIECE (vender bem não é o único critério para considerarmos uma série um pilar, principalmente para dar uma vaga à um possível quarto pilar. Para tal, é necessário que ao menos, a terceira e quarta série estejam em uma posição muito parecida dentro da revista, o que ainda não é uma realidade). 

Em segundo lugar tivemos ONE PIECE que continua tranquilo na revista. Acho que nunca a coroa de rei da revista esteve tão bem encaixada na cabeça da série quanto nesse último ano (no caso, após o encerramento de Ansatsu Kyoushitsu), e mesmo com suas vendas caindo lentamente, a sua margem de vendas ainda continua alta o suficiente ao ponto da série não precisar se preocupar realmente com isso (mesmo que é importante ser analisado o motivo das quedas, para assim, encontrar uma solução para o problema, fazendo-a aumentar novamente. Uma empresa nunca deve se contentar com as vendas atuais dos seus produtos, principalmente, se por algum motivo, essas vendas estão diminuindo progressivamente). Em terceiro lugar tivemos Gintama que ultimamente vem recebendo posições altas mais regularmente, o que pode significar duas coisas: o primeiro é que os editores querem que a série seja encerrada com dignidade (acredito nessa opção), e a segunda é que os editores (e o autor) decidiram fazer a série sobreviver um pouco mais do que o planejado, por isso estão dando um bom destaque para assim o mangá dar uma pequena respirada, e não ficar sempre entres os últimos. 

Em quarto lugar tivemos o primeiro ranqueamento de Boku-tachi wa Benkyou ga Dekinai, um ótimo resultado para a nova série de comédia romântica harém (deste modo, é praticamente o substituto perfeito para Nisekoi).  E acredito que ter um mangá desse gênero na revista só irá ajudar a Shonen Jump, pois quanto mais diversificada é a revista, maior a possibilidade de se atrair públicos diversificados, obviamente. A revista de certo modo está adquirindo uma nova roupagem, mas não obrigatoriamente adotando uma nova moda - o que quero dizer; a revista está estreando vários mangás com temáticas diferenciadas, para compor um painel que mantém as mesmas composições de gêneros que fez a revista se tornar a maior do Japão. Por isso essa leva é tem tantos gêneros diferentes, ao invés de apostarem em uma leva com quatro B-Shounens puros, por exemplo (como foi a leva de estréia de Black Clover). Voltando para Boku-tachi, os capítulos seguintes continuaram a agradar os leitores, por isso, acredito que a série tenha boas chances de conseguir se estabilizar na revista, e mesmo não se tornando um grande sucesso imediato, poderá pouco a pouco, crescendo em vendas. Logicamente, o primeiro ranqueamento das próximas séries será essencial para termos certeza de qual será o futuro de Boku-tachi.

Em quinto lugar tivemos Haikyuu!! que continua muito seguro na revista, mas por um motivo muito óbvio, ainda não recebeu a sua tão esperada capa de aniversário. Talvez receba na edição #19 ou #20. O motivo é bem simples; esse capa de Boku no Hero Academia é essencial para avisar aos leitores da revista que a série será lançada em um novo canal, ao mesmo tempo que atrai os novos espectadores, e a de BORUTO pelos mesmos motivos de Hero. Além disso, a verdade é que os editores estão "cheios" de séries que comemoram aniversário nesse período, e pelo andar da carruagem, no próximo ano teremos ainda mais (já que estreou uma leva de seis mangás, em um período, no qual tínhamos já cinco séries (contando World Trigger) que comemoravam aniversário entre o mês de fevereiro e abril. A solução será realmente ignorar o aniversário de muitas séries, comemorando-o muitas edições depois. Como já aconteceu com World Trigger, que em 2016, recebeu a sua capa de comemoração mais de dois meses após a data correta. 

Em sexto lugar tivemos Kimetsu no Yaiba que realmente virou um monstro. Eu não tenho vergonha de admitir os meus erros, e quando a série teve péssimos resultados nos dois primeiros volumes, comentei que os editores estavam sendo muito "bonzinhos", e mesmo que se seguirmos a regra, realmente a maioria dos mangás que vendem tão mal no primeiro e segundo volume, não conseguem superar a marca de 75 mil cópias nos volumes seguintes, Kimetsu no Yaiba chegou para mostrar que todas as regras tem suas exceções. A série pode até ter iniciado vendendo mal, mas a partir do quarto volume entrou no modo "frenesi" e deslanchou em vendas. Mesmo assim ainda é cedo para sabermos até quando essas vendas continuarão aumentando, e se isso resultará em um aumento na confiança por parte dos estúdios de animação em relação a obra. Uma boa adaptação televisiva é essencial para que a série se firme de uma vez por todas como um sucesso da revista, e quando eu digo boa, não estou dizendo em qualidade, mas sim em popularidade, pois sabemos que nem sempre os dois fatores caminham juntos. 

Em sétimo lugar tivemos Hinomaru Zumou que diferente de Kimetsu no Yaiba, em nenhum momento se tornou uma exceção à regra. Existe casos de séries que no primeiro volume venderam mal, mas conseguiram um bom aumento no segundo, que foi continuando ao longo dos volumes seguintes (Ex: World Trigger), mas como Yaiba, que vendeu mal no primeiro e segundo volume, mas a partir do terceiro ou quarto começou a ter um bom aumento de vendas é muito raro. Hinomaru Zumou tinha todos os elementos para entrar nesse grupo dos mangás raros; muita publicidade, um grande "hype", e um mangá que chamava atenção por ser único, mas também tinha elementos que remavam contra essa possibilidade, como por exemplo, a sua temática ultrapassada e seu traço não muito atraente, levando em conta os gostos dos japoneses. O resultado já sabemos, Hinomaru Zumou ficou preso na regra, e até hoje vende muito pouco. Em oitavo lugar tivemos PSI Kusuo Saiki que se encontra tranquilo na revista, e levando em consideração as chances altas de Poro fracassar, provavelmente continuará "calmo" na revista por mais um bom tempo. Está para nascer uma comédia "pura" (sem enfoque ação ou romance) que consiga ter um rendimento parecido com o de PSI teve já nos seus primeiros volumes. 

Em nono lugar tivemos Yuragi-Sou no Yuuna-San que essa semana pode ter tido uma má colocação, mas na próxima, será o primeiro mangá em ordem de leitura. Muitos devem estar irritados por os editores darem somente uma página colorida de abertura para se comemorar o aniversário de um ano da série, mas sejamos sinceros, os editores só darão uma segunda capa para a série quando for anunciado o seu anime. Como eu comentei nas semanas anteriores, Yuragi-Sou está recebendo o mesmo tratamento que To LOVE-Ru recebeu quando estava na revista, por isso, várias páginas coloridas, mas muito poucas capas - To LOVE-Ru só recebeu duas capas em todos os seus quase quatro anos de publicação - Eu espero que Yuragi-Sou no Yuuna-San faça como Kimetsu no Yaiba, e se torne uma exceção à regra (mas nesse caso, a regra dos "ecchi's"), e de algum modo, após o seu anime, os editores decidam dar ao menos, duas capas ao ano para a série (mesmo que pelo andar da carruagem, se começar a receber uma capa ao ano, já seria uma grandíssima vitória). Acredito que Yuragi-sou no Yuuna-San é um boa série para o seu gênero, e os editores não devem perder a oportunidade de fazê-la virar uma grande sucesso comercial.

Em décimo lugar tivemos Samon-kun wa Summoner, que com o possível fracasso de U19 e Poro, voltou a ter boas chances de conseguir sobreviver por mais algum tempo. A série entrou na regra, no qual, Hinomaru Zumou se viu "preso", e parece que não irá sair dela, de nenhum modo. Por isso suas vendas não devem aumentar muito com o tempo. Deste modo, no momento que for oportuno, os editores devem decidir cancelar a série. Por enquanto, com tantos mangás prontos para serem cancelados, e uma série que pode ser encerrada a qualquer momento (Gintama), não vejo motivo para acabar com Samon-kun wa Summoner, AO MENOS, que decidam lançar mais uma leva com mais de quatro mangás, mas não acredito que veremos isso acontecendo nesse exato momento. Em décimo primeiro lugar tivemos Spring Weapon Number One, que deve ter seu futuro selado após o lançamento do segundo volume, mas pelo que tudo indica, será cancelado pelos editores na próxima leva. Aliás, espero que na próxima leva vejamos a estreia de dois novos mangás e o retorno de World Trigger para a revista. Sim, estou sentindo muita falta de World Trigger.
Fonte::::: Analyse It

Gostara tambem de...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...